sábado, 24 de abril de 2010

E ali o sangue grosso de Ivone se misturava com a tinta preta de sua pena. As palavras morreram junto com ela.

Um comentário:

  1. De todos os seus posts esse foi, pra mim, o mais completo.

    ResponderExcluir